Solidariedade no Futebol Profissional - Maio

Maio foi mais um mês cheio de ações de Responsabilidade Social no Futebol Profissional. A Fundação do Futebol – Liga Portugal e as Sociedades Desportivas têm desempenhado um papel fundamental em tempos difíceis de pandemia, com impacto nas suas comunidades e também de forma global.

Consciente desta responsabilidade, o jogador Bozhidar Kraev, do Gil Vicente FC entregou centenas de unidades de material de proteção individual à Santa Casa da Misericórdia de Barcelos. “Estou com a sensação de missão cumprida, que me faz sentir com mais paz de espírito e que me dá mais força para continuar a ajudar as pessoas. Ao mesmo tempo, é uma forma de reconhecimento aos heróis que estão na linha da frente desta pandemia e que lutam pela vida das pessoas sem limites”, referiu o médio búlgaro no ato da entrega.

No mesmo sentido, a Fundação Sporting, como forma de agradecimento a todos os profissionais de saúde, construiu uma nova área de balneários e chuveiros de apoio às urgências no Hospital de São José, em período de pandemia de COVID-19.  Tendo em conta, todas as dificuldades que o país atravessa, a Fundação Sporting entregou, ainda, 40 cabazes com diversos bens alimentares como azeite, batatas, fruta, bolachas, águas e sumos às famílias dos atletas mais jovens da Academia Sporting e da formação do Pólo EUL.

Como todas as ajudas são bem-vindas, o CD Tondela realizou uma campanha de angariação de alimentos para todas as famílias mais carenciadas do concelho. Uma ação que contou com o apoio e solidariedade da equipa profissional de futebol do CD Tondela.

Paralelamente, a todas estas dificuldades com a “chegada” do COVID-19, o Vitória SC, através do Vitória Solidário e, em parceria com a Câmara Municipal de Guimarães e a Claque White Angels, lançou uma campanha, “É a hora. Ajuda quem mais precisa”, para recolha de alimentos para apoiar famílias carenciadas de Guimarães. A ação decorreu em diversas superfícies comerciais do concelho, que prontamente se disponibilizaram para colaborar com esta causa.

Sabemos que esta é uma luta de todos, e, tendo em conta as necessidades identificadas ao nível de material de proteção dos profissionais de saúde, o Rio Ave FC doou 2500 máscaras e 2500 pares de luvas de proteção às seguintes instituições: Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde, MADI (Movimento de Apoio ao Diminuído Intelectual), Bombeiros Voluntários de Vila do Conde, Delegação da Cruz Vermelha de Vila do Conde e Ordem de São Francisco.

Consciente do sentido de Responsabilidade Social, a Fundação do Futebol – Liga Portugal, associou-se à campanha de solidariedade do BPI | Fundação “la Caixa” de forma a divulgar e promover esta iniciativa, através dos Embaixadores da Liga Portugal. O objetivo foi apoiar e ajudar a rede de emergência alimentar, do Banco Alimentar Contra a Fome, que em tempo de pandemia, luta contra os milhares de pedidos de famílias carenciadas.

Com forte espírito de Responsabilidade Social, o Futebol Profissional uniu forças e aderiu à causa, participando na partilha e promoção da iniciativa, mostrando-se exemplar no que diz respeito à solidariedade e responsabilidade social. Atos e ações que fazem a diferença na vida dos que mais precisam. 

Partilhe nas redes