Prémio de Responsabilidade Social entregue ao Estoril Praia

O Estoril Praia venceu o Prémio de Responsabilidade Social do mês de julho com a iniciativa “Grande é quem muda o Mundo”. Com o arranque da nova época, o clube lançou os novos equipamentos num formato inovador e único, sobre o lema da sustentabilidade. 

Este ano, “o mágico” desenhou os seus equipamentos consoante as cores da reciclagem, todos feitos de material reciclado. O equipamento principal, amarelo, que remete para o Plástico, equipamento alternativo, azul, corresponde ao Papel e o terceiro equipamento, verde, que remete para o Vidro. Em conjunto com a Somos End to End, Kappa e Clube Recriativo, o Estoril Praia assume o compromisso de contribuir para um mundo melhor e um futuro mais sustentável. 

Guilherme Muller, Diretor-Geral do Estoril Praia, mostrou-se bastante contente com a distinção e agradeceu à Fundação do Futebol – Liga Portugal ressalvando: “não queremos que o clube viva só do futebol. É mais que isso, queremos apelar à nossa comunidade e sabemos que as pessoas, cada vez mais, e ainda bem, valorizam a responsabilidade social e ambiental”.

O Diretor-Geral dos canarinhos explicou ainda de onde surgiu a ideia e qual o objetivo da iniciativa. “Habitualmente temos sempre o nosso equipamento principal amarelo e o secundário azul e aproveitamos o terceiro para fazer uma campanha anualmente. Na verdade, se o equipamento principal é amarelo, o secundário azul, estava ali debaixo do nariz e nós é que ainda não tínhamos visto: o terceiro tinha de ser verde para apelar às cores do ecoponto e assim um incentivo à reciclagem. Assim, os equipamentos representam o amarelo, plástico amachucado, o azul, papel rasgado e o terceiro verde, vidro partido. Desta forma, a imagem gráfica é bastante forte e a ideia é impactar as pessoas e relembrá-las para a importância da reciclagem”, concluiu. 

Em representação da Fundação do Futebol, Luís Estrela, Coordenador da Fundação do Futebol, destacou a dimensão desta iniciativa. “O Estoril Praia é o clube que mais trabalha, de uma forma invisível sem protagonismo, a área da Responsabilidade Social e, neste caso concreto, a área da sustentabilidade ambiental e a redução da pegada carbónica. Esta campanha é exemplo disso mesmo. Ter a audácia de mudar aquilo que mais impacta os adeptos, que são os equipamentos. Ter a capacidade criativa e a audácia de agarrar nas cores dos equipamentos, transformar e passar para as cores dos ecopontos e da reciclagem é uma demonstração, para além dos equipamentos serem feitos de material reciclado, e uma forma clara de trabalhar esta matéria de uma forma efetiva.”

Porque o Futebol também se vive fora das quatro linhas, este foi o “golo” que valeu não só a distinção do prémio como também de passar uma mensagem positiva e de grande Responsabilidade Social. 

De relembrar que em julho foram atribuídos não um, mas dois prémios de Responsabilidade Social para abrir a época, com o SC Braga também a ser distinguido.



Partilhe nas redes