Estádio do Restelo acolheu o “Joga pelas Crianças”

A primeira edição do “Joga pelas Crianças” foi lançada, apresentando-se como um grande marco entre os maiores acontecimentos de Responsabilidade Social deste verão. O encontro, que iniciou às 18H00, no Estádio do Restelo, terminou com uma vitória da Equipa UNICEF, por 2-1, mas, neste caso específico, isso é o que menos importa.

A UNICEF, recorde-se, é uma organização mandatada pelas Nações Unidas que luta e defende os direitos das crianças, especialmente as mais desfavorecidas e vulneráveis que continuam a viver na pobreza, em situação de conflito / desastre ou que são vítimas de abusos.

No rescaldo deste jogo, os Embaixadores da Liga Portugal, Helton e Manuel Fernandes, destacaram a importância de eventos desta natureza, frisando ainda a importância deste momento que serviu para homenagear e ajudar crianças que verdadeiramente necessitam.

"Esta é uma iniciativa maravilhosa, com a vertente solidária em peso. Todos nós que estamos aqui de alguma forma temos uma responsabilidade social e cabe a cada um de nós dar o seu melhor", realçou o guarda-redes brasileiro. 

Por sua vez, Manuel Fernandes falou-nos de um motivo de "orgulho". "Mais importante do que tudo é este convívio, estarmos todos juntos para apoiar as crianças. Estar solidário com qualquer causa relacionado com crianças é sempre um motivo de orgulho. Direi sempre presente", enalteceu o Embaixador da Liga Portugal.

Importa ainda destacar que a equipa UNICEF alinhou de início com Nélson Pereira na baliza, Paulo Battista, Hugo Leal, David Carreira e Fernando Mendes no setor mais recuado, Marco Costa, Jorge Corrula e Silas no meio-campo, sendo que Fradique, Edite e Pedro Fernandes formaram o trio mais ofensivo. O treinador desta equipa foi Toni, que no banco de suplentes contou com nomes como Paulo Santos, Pedro Alves, António Ferreira, Filipe Gaidão, Nélson Rosado, Sérgio Rosado, Chakall, Mickael Carreira, Rúben da Cruz, Rodrigo Gomes e a "arma secreta" Francis Obikwelu, que marcou os dois golos da sua formação. 

Por outro lado, a equipa Fundação do Futebol teve Helton como guarda-redes titular, Luís Marvão, Ricardo Rocha e Jorge Andrade numa linha de três, com João Pinto, Chainho, Pedro Teixeira, Simão Sabrosa e Alan (o marcador do golo) no apoio à dupla de avançados Nuno Gomes e Carla Couto. O técnico Manuel Fernandes ainda teve à sua disposição no banco de suplentes Quim, Raminhos, Luciano Gonçalves, Toy, Dino D'Santiago, Conguito, João Pedro Pais, Daizer, Ana Silva e José Condessa. Os árbitros da partida foram Pedro Henriques e Eunice Mortágua. 

De notar que este foi um evento com vasta cobertura mediática, inclusive transmissão na Sport TV, sendo que contou também com a presença de instituições como UNICEF, Santa Casa e Cruz Vermelha Portuguesa. 

Realizou-se, assim, o maior jogo de Futebol com cariz solidário, em Portugal, pelas crianças da UNICEF!


Partilhe nas redes